FECHAR
Tonalidade -1 Tom -1/2 Tom +1/2 Tom +1 Tom Nomenclatura Cifras Recentes
Fraco Regular Bom Muito Bom Ótimo
E                     B7              E
Conheci um baianinho desses da fala macia
                                      B7
Dava nó em pingo d´água e laçava melancia
  A                 E            B7
Pegava raio na mão segurava ventania
       E          B7          E      B7     E B7 E
O seu corpo foi fechado num terreiro da Bahia
          A                   E7            A E A
Caldo de cana gostoso é o que sai da cana roxa
  B7                E                    B7        E B7 E
O malandro não tem culpa se o resto do mundo é trouxa.

 E                 B7                      E
Chegou na cidade grande baianinho se expandia
                                               B7
Foi comprando carro zero pra pagar em noventa dias
  A                  E                  B7
Conseguiu vender a vista mostrando sabedoria
        E       B7         E        B7     E B7 E
Virou grande negociante baianinho enriquecia
           A                  E7            A E A
Caldo de cana gostoso é o que sai da cana roxa
 B7                 E                   B7         E
O malandro não tem culpa se o resto do mundo é trouxa.

Solo

 E                   B7                E
Baianinho na tourada só toureia vaca mocha
                                                B7
No natal compra castanha come a boa e vende a chocha
     A                E                      B7
No banquete que tem frango baianinho come a cocha
        E          B7            E           B7       E B7 E
Deixa o pé deixa o pescoço pra aqueles que nasceu trouxa
          A                    E7            A E A
Caldo de cana gostoso é o que sai da cana roxa
  B7                 E                  B7         E B7 E
O malandro não tem culpa se o resto do mundo é trouxa.

 E                    B7                          E
Foi contra um campeão de snooke baianinho fez surpresa
                                           B7
Deu duzentos de lambuja só seis e sete na mesa
 A                    E                   B7
Deu trinta snooke de bico jogando só na defesa
         E          B7       E       B7        E B7 E
Meteu o sete trinta vezes ganhou o jogo na moleza
          A                    E7           A E A
Caldo de cana gostoso é o que sai da cana roxa
    B7               E                  B7         E B7 E
O malandro não tem culpa se o resto do mundo é trouxa. 



                       Enviado por:  Camila






Todos os direitos reservados ao autor.

Políticas de Privacidade
Visite nosso site www.CifrasFx.com.br